Salas Conjugadas

Edifício Pedro Demeterco. O belo e tradicional endereço, foi meu primeiro endereço comercial. Era o ano de 1986 e o prédio, que naquele tempo já tinha a idade de Cristo, contava com dois elevadores semi-individuais, com portas panorâmicas, ou seja, praticamente só cabia uma pessoa e a porta tinha uma grade pantográfica de bronze pra puxar.


Encontrei as duas salas conjugadas, com um pequeno banheiro, no nono andar e de frente pra dr. Muricy, no mesmo estado em que as tropas aliadas devem ter encontrado a Alemanha, depois das duas guerras.


Antes de mim, as salas foram ocupadas por uma fundição de jóias. Tava tudo chamuscado e caindo aos pedaços. Paredes, portas e piso, tudo sujo, velho e descascado.


Minha primeira semana foi colocar roupa de briga, arregaçar as mangas e trabalhar duro. Raspei as paredes, arrancando bijus de décadas de camadas de tintas sobrepostas.


As portas e rodapés, raspei com uma faca afiada. Ia saindo uma grossa camada que aos poucos foi revelando uma linda imbuía dourada.


Depois veio a pintura. Branco nos tetos, cinza claro nas paredes e cera de carnaúba nas portas e rodapés. Pra finalizar, o último grito da moda: forração grafite no chão, daquelas bem baratas e ralinhas.


Consegui alguns móveis do antigo Banco Mercantil e Industrial, antes de ser o hoje extinto e esquecido Bamerindus, quase de graça, em lojas de móveis usados. Algumas daquelas poltronas, uso até hoje e têm um design atemporal.


O toque final foram luminárias pendentes tipo chapéu chinês sobre as mesas, que fiz com dobradura de papel carmim preto e que davam um ar noir.


Ficou tudo tão bonito que, orgulhoso e satisfeito, não cansava de admirar. No final da tarde, o sol ia sumindo por trás dos outros velhos prédios da Praça Zacarias, deixando o céu alaranjado e depois, mergulhado num azul escuro profundo.


Em paralelo, a iluminação dos letreiros em néon, ia ganhando força, deixando tudo com um ar místico e sobrenatural. Gostava de ficar ali sozinho, contemplando o trabalho de Deus, dos homens e o meu. Foi um belo começo...


138 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial