Porta-Retrato

Atualizado: 30 de jun. de 2021

Sempre gostei muito dessa foto. Por isso, ela acabou virando um porta-retrato, que fiz quando criança, colando a fotografia diretamente num pedaço de madeira que, sabe-se lá como, recortei no serrote.


Sei que o momento registrado nunca mais voltará, mas no entanto, ele me parece eterno. Távamos no quarto do Zito, meu irmão mais velho, em nossa primeira casa no Seminário, já reformada, e foi ele quem nos fotografou em sua então moderna câmera Yashica.


Tô recebendo um abraço gostoso de minha mãe e aguentando as brincadeiras do meu irmão Gusto, ambos já falecidos, tudo regado à texturas e ícones dos anos setenta, que não gostava de nada liso.


No fundo, uma Cláudia Cardinale de peignoir preto, estampava o pôster, fixado na porta com tachinhas. Não aparece na foto, mas não precisa, sei que ela tava lá, com olhos imensos e negros em P&B.


91 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial