O Putainho

Essa é uma história que minha mãe nos contava, recontava e trecontava: uma mulher tinha três lindas filhas. Eram muito, muito bonitas. Uma mais linda que a outra, mas todas possuíam um único e grave defeito: eram completamente abobalhadas.


A pobre mulher tentava, em vão, casá-las, mas como todos na cidade já as conheciam, ninguém se habilitava.


Um belo dia apareceu um forasteiro e ela depressa tratou de convidá-lo pra jantar na sua casa pra tentar desencalhar uma delas.


Naquela noite, antes do rapaz chegar, foi categórica em proibir que elas abrissem a boca, pra que não perdessem mais esta oportunidade, que poderia ser a última.


O jantar foi perfeito e o rapaz estava até em dúvida, sobre qual das três moças ele iria cortejar, já que todas eram tão bonitas, e apesar do estranho silêncio durante todo o jantar, tinham olhos lindos e sorrisos encantadores.


Na hora do cafezinho ele, sem querer, derrubou a fina xícara de porcelana, que espatifou no chão em mil pedaços.


No mesmo momento a primeira delas gritou: ihhh, quebou o putainho da mãe!!!


A segunda, muito brava retrucou: quebasse, não quebasse, a mãe num falou que num falasse???


Nisso a terceira, olhando pra cima, retrucou: bem fiz eu que num falei...


841 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial