O Chafariz

Na Praça Eufrásio Correia, junto ao chafariz, contei naquele dia pra Raquel, minha decisão de sair do Cefet pra fazer o terceirão.


Seu choro, ao saber que iria me afastar dela e que a distância entre nós poderia fazer com que nos separássemos, me fez sentir, pela primeira vez, que ela, realmente, gostava de mim e que eu era importante pra ela.


O tempo passou e ambos conseguimos entrar na UFPR. Cursar uma universidade pública é uma benção, pois é gratuita, por outro lado, meus horários eram tão confusos, que me impediam de trabalhar. Ter meu próprio dinheiro era fundamental.


Enquanto era estagiário foi fácil, tentar trabalhar num emprego fixo, entretanto, com tantas aulas salteadas, se mostrou impossível.


Demitido em uma tentativa de emprego, numa agência de publicidade, quando eles sentiram o drama em me ter no seu time, resolvi, aceitando um convite muito especial que tinha recebido anteriormente, trabalhar por conta própria. Esta resolução definiu minha vida até o dia de hoje.


Lembro que numa das minhas primeiras reuniões com um cliente, enquanto recebia o briefing, abri minha agenda, ao acaso, e li: “Estamos namorando há quase quatro anos. Não estaria na hora de noivarmos?” Aquilo na hora me deu um calafrio na espinha, pelo inesperado, mas assim como minha demissão, me fez tomar uma atitude.


Dias depois, a peguei no DER, onde ela era estagiária, pra almoçarmos juntos. Disse, porém, que precisava antes passar num fornecedor ali perto. Estacionei o carro e falei: pra encurtar o caminho, vamos por aqui.


Quando chegamos em frente do chafariz, parei e tirei um saquinho de veludo do bolso e lhe entreguei. Ela sorriu, pois sempre adorou presentes.


Achou estranho, ao ver que o par de brincos dourados não eram do mesmo tamanho. Foi aí então que entendeu. Mais uma vez, fiz Raquel chorar junto ao chafariz, só que desta vez, de alegria. Ela aceitou meu pedido!


Foi assim que saímos da praça, noivos, no mesmo dia em que completávamos quatro anos de namoro.


Meu sogro ficou magoado, meus pais ficaram assustados, mas depois, todos acabaram compreendendo. Assim seria nossa vida. A nossa vida. Te amo.


264 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial