Momentos

Meu pai, na sua grande simplicidade ou em sua simples grandeza, não sei, sempre soube nos proporcionar pequenos grandes momentos ou grandes pequenos momentos que se tornaram imortais pra mim.


Que alegria aqueles domingos em que nos levava ao aeroporto pra ver aviões pousar e decolar. Eu ali, debruçado no parapeito, sonhando em um dia poder estar dentro de um deles.


Que emoção subir a rampa do Supermercado Real na Sete de Setembro e deixar o carro estacionado lá em cima do supermercado.


Passar pelo, então, único viaduto de Curitiba, no Capanema, imaginando o que mais a cidade ainda iria nos proporcionar no futuro.


Admirar a decoração de Natal da Hermes Macedo, tanto na casa dele na Batel, quanto na Barão, o que me fazia acreditar que Papai Noel existia e que morava ali no porão da loja.


Felicidade maior, entretanto, com direito a vivas e comemorações, era quando íamos almoçar em Santa Felicidade. Algo simples e raro, por isso talvez, tão especial e esperado. Um grande pequeno passeio.


Os tempos são outros, mas espero que meus filhos um dia, também possam parar pra pensar e lembrar de coisas simples, de momentos especiais e valorosos que pudemos proporcionar a eles e que de alguma forma, lá na frente, ainda faça parte deles. Quem sabe...


126 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial