Milionários

Volta e meia via um milionário sentado numa mesinha, no meio de um shopping de Curitiba.


Muitas vezes tava sozinho, algumas vezes acompanhado, calmamente ficava ali tomando seu cafezinho.

Certo dia, passando pela Vila Isabel, vi um bilionário tranquilamente caminhando pela calçada de mãos dadas com a mulher.


Uma vez os encontramos no cinema e pensei, ele é tão rico e sai de casa pra ver o mesmo filme que nós? Aparentam ser pessoas comuns. E são pessoas comuns.


Penso que a riqueza, pelo menos na maior parte do tempo, é como um frasco de shampoo. Você precisa dele o suficiente. Ficar sem uma gota de shampoo, não é nada agradável, mas colocar o frasco inteiro na cabeça, por outro lado, não vai deixar seus cabelos mais bonitos. Pode ser até que fiquem pior.


Chega num ponto de saturação que, pra uma pessoa de bom senso, não faz mais diferença, nem sentido ter mais. É apenas excesso.


Acredito que devemos viver bem com o necessário, somente o necessário.


O que adianta juntar tanto pra depois descobrir que o extraordinário é demais ? Que o gostoso mesmo é ir ao cinema, sair de lá rindo, tomar um cafezinho e caminhar com quem amamos pela rua de mãos dadas. Louco pra poder fazer isso novamente...


Foto | Michał Amerek



163 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial