Maringá, Maringá

Recebi essas fotos, de Sandra, filha de Fátima, minha eterna prima japonesa de Maringá. Num tempo em que a colônia nipônica era muito fechada, os casamentos aconteciam somente pra quem dela pertencesse. Foi assim que meu primo Delcides, filho do tio Chico, irmão do meu pai, e sua amada Fátima, pra que pudessem ficar juntos, fugiram e assim, conseguiram autorização pra se casarem.


As fotos revelam uma viagem inesquecível. Meus pais, Gusto e eu, aproveitando um feriado de Sete de Setembro, atravessamos o estado, até Maringá, no Opala 70 De Luxo Bege do meu pai. Foi uma aventura.


Ficamos uma semana. Passeamos por tudo, pela catedral, pelo lindo Parque Ingá, no centro da cidade, pela Avenida Brasil e suas tantas rótulas, que lembravam praças e o embrião do aeroporto que ficava próximo da casa do tio Chico e que, mais tarde, o japonesinho da foto, meu primo Roberto, hoje um grande arquiteto, ajudou a construir.


Estranho ver as fotos, quase cinquenta anos depois, e pensar que de todos os personagens, só o Roberto, a Sandra e eu ainda tamos por aqui, pra contar a história.


A viagem foi um divisor de águas em nossas vidas. Depois dela saí da infância e fui pra pré adolescência. Mudei de voz e de colégio. O Gusto entrou numa fase barra pesada, que foi pesando cada vez mais depois disso e, assim que retornamos à Curitiba, meu pai começou com os problemas no coração.


Logo depois da viagem, veio um infarto. O primeiro de uma série. Ele foi então diagnosticado com um problema que havia começado na infância simples dele, no interior de São Paulo: Doença de Chagas, causada pelo barbeiro e que fazia o coração inchar e portanto, perder sua força. Depois disso, coração, morte e medo da perda, passaram a constar no meu cardápio.


Sempre desejei que essa viagem tivesse durado um pouco mais pra que eu pudesse ter aproveitado ainda melhor. Sandra, com o envio dessas fotos, como uma boa Chef, conseguiu deixar minha vida mais temperada e saborosa.


113 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial