Luvas e Cabides

Um Vagabundo em Alta Roda, Down and Out in Berverly Hills, é uma comédia de 1986, daquelas da Sessão da Tarde. Nela, Nick Nolte é um mendigo malandro, que ao tentar se matar na bela piscina de uma mansão em Beverly Hills, é impedido por Richard Dreyfuss, o milionário infiel que mora nela com sua mulher, a impagável Bette Midler, e seus filhos.


No enredo, o mendigo folgado passa a morar com eles e todos da família, incluindo o cachorro, acabam se apaixonando por ele.


O que me chamou atenção naquele filme, além da casa e do Rolls Royce do protagonista, é a fonte de sua riqueza: ele era um industrial, fabricante de cabides. Cabides!!


Um dia, passando em frente a uma indústria, aqui por perto, no Mossunguê, vi o helicóptero do proprietário levantado voo do heliponto, com biruta e tudo.


Me lembrei de Um Vagabundo em Alta Roda, pois o que me chamou a atenção, não foi o helicóptero, nem a biruta, foi o produto ali fabricado: luvas.


Sempre admirei quem ganha dinheiro em série. Qual a grande dificuldade em fazer cabides? A curva do gancho? O que há de complicado em fabricar luvas? Nem a quantidade de dedos muda! Nunca são mais que cinco...


Por um momento achei que gostaria de ganhar dinheiro, fazendo continuamente a mesma coisa como fabricar luvas ou cabides, sem pensar muito, sem esquentar a cabeça, só mantendo a fábrica azeitada e juntando a féria a rodo.


Daí lembrei de como é bom fazer o que se gosta e ainda viver disso. A cada contato, um novo desafio, uma nova descoberta, uma nova conquista, um novo resultado a ser medido.


Não quero saber de Beverly Hills, a vizinhança deve ser muito esnobe. Nem de helicóptero, nem de biruta, o troço é muito barulhento e perigoso. O que eu quero é ser eu mesmo...


44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial