Gênios

Meu sonho era trabalhar na televisão. Inspirado nas fantásticas criações do mestre Juarez Machado, no Fantástico, acreditava que também poderia desenvolver minha arte na telinha.


Quem abriu a porta da oportunidade pra mim foi o grande Valêncio Xavier, que me chamou ao Castelo do Canal 12, pra conversarmos sobre o assunto. Talvez pela empolgação de tar na majestosa e na época, labiríntica sede da emissora, acabei me perdendo nos corredores e entrei numa sala onde não era esperado.


Quando entrei me dirigi à secretária e de relance, cumprimentei o homem sentado, aguardando no sofá. Era Raul Cortez, que num gesto inesperado de simpatia, simplicidade e cortesia, levantou-se sorrindo pra me dar bom dia e apertar minha mão. Perguntei como ele tava e disse que era um grande admirador do seu trabalho. Ele agradeceu.


Estudar na Federal foi muito bom. Difícil porém, era conciliar algum trabalho, numa agenda amalucada, e cheia de dependências, com aulas de manhã, à tarde e à noite. Mais uma vez perdi uma oportunidade. O tempo, ainda bem, se encarregou de criar outras.


Há coisas que marcam nossa vida. Saber que gênios como Juarez Machado, nos inspiram, pessoas do quilate de um Valêncio Xavier, criam oportunidades pra quem tá começando e astros como Raul Cortes, se dão ao trabalho de se levantar, sorrir e desejar sinceramente, um bom dia a um jovem desconhecido, faz com que ainda tenhamos fé nas pessoas.


131 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial