Fora da Caixa

O bom de andar por lugares diferentes é que assim vemos coisas que normalmente não vemos. No caso, já a tinha visto numa aula, na pós-graduação de Arquitetura de Interiores, no então Unicenp, mas não ainda pessoalmente.


Avistei a casa RB, com seu projeto único, do ousado e talentoso arquiteto Marcos Bertoldi, que foi meu professor na pós, estrategicamente localizada ao lado do campo de golf do Graciosa Country Club, de longe.


Particularidades da sua localização, das características do terreno, das necessidades apontadas pelo cliente e do alto grau de inventividade de Bertoldi, nortearam as decisões ímpares do projeto, sendo a mais notável, construir a casa inteiramente em concreto armado, numa volumetria brutal e fora do convencional.


A ideia principal era, obviamente, aproveitar a vista do clube, o que aconteceria apenas a partir do segundo andar. Isto fez com que a casa fosse alta, vertical, com a fachada drasticamente fechada, mas totalmente aberta na parte de trás, de onde se tem uma vista deslumbrante do campo de golfe.


A casa tem cinco andares, sendo os dois primeiros com a parte funcional e uma galeria de arte, já que o proprietário é um colecionador.

Além de contar com elevador, a casa conta com escadas pras áreas de serviço e com rampas, que fazem a ligação das áreas principais e dão um aspecto escultural à fachada.


Lembrando uma caixa, um imenso bloco de concreto, a casa conta com um volume em vidro, que a corta transversalmente, acomodando uma área nobre com pé direito duplo, que numa das pontas, em balanço, se debruça sobre o campo de golfe e na outra ponta, se avista o por do sol no skyline da cidade.


Um senhor projeto, do tipo ame ou odeie. No meu caso, não titubeio: eu amo.


Foto interna de Alan Weintraub.


86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial