Entre o Parque e o Bosque

Há vinte e três anos, a empresa já tinha doze anos de caminhada e tinha se mudado pra beira da estrada.


Era sua quarta sede, no Mossunguê, na beira da Rodovia do Café, no terreno onde hoje é o estacionamento do ParkShopping Barigui, entre a Itambé e a J.Malucelli.


O primeiro endereço tinha sido, por um ano, numa pequena sala dupla no nono andar do mítico Edifício Pedro Demeterco, na Praça Zacarias.


Depois disso, por três anos, foi na garagem da casa do meu pai, no Seminário, que nos divertíamos e mais tarde, numa bela casa alugada, bem anos 50, também no Seminário, no Jardim Centenário, que ficamos por oito anos, ocultos entre a vila dos advogados


Sempre nos preocupamos com a vista do lugar e a visão que tínhamos da rodovia era maravilhosa. Por trás de carros e de caminhões, num indo e vindo infinito, havia o sempre lindo Parque Barigui do outro lado.


É verdade que com tanta coisa pra resolver, olhar o por do sol era o que menos fazíamos, mas ele tava lá, à disposição.


Ocupávamos os dois primeiros barracões da frente. Os intermediários, era onde o senhorio, proprietário dos imóveis e do terreno, que incluía o bosque nos fundos, hoje colado no shopping, tinha instalada sua fábrica de brinquedos educativos.


O último barracão, que era um depósito da Garoto, não foi demolido, só reformado e é onde hoje funciona o ParkCultural.


Foram anos felizes naquele endereço: estávamos num lugar bem lúdico: com vista pro parque, envoltos com design, brinquedos, chocolates e um bosque lá nos fundos. Olhando a foto, dá uma saudade danada. Cada vez que vou ao shopping, e passo por cima de onde era nosso escritório, também...

.



192 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial