Ame-o ou Odeie-o

Colocado em segundo plano depois da criação do Olho, o antigo Edifício Presidente Humberto Castelo Branco, projeto modernista de Oscar Niemeyer de 1967, criado inicialmente pra abrigar o Instituto de Educação do Paraná, sempre foi, por si só, fantástico.


Caracterizado por um gigantesco paralelepípedo branco apoiado em poucos e bons pilares com roletes metálicos, que possibilitam que o deslocamento térmico da imensa estrutura ocorra livremente, o prédio, que nunca foi usado como escola e acabou abrigando secretarias do governo estadual, apresenta um vão livre de 65 metros de comprimento e dois balanços inacreditáveis de 20 metros cada que deixam as duas pontas do prédio aparentemente flutuando, livres, leves e soltas.


Esta licença poética da arquitetura só foi possível existir, porque engenhosamente, as vigas do edifício são as próprias paredes que compõem a grande caixa branca. Todo esse arrojo rendeu ao edifício, o recorde de maior vão livre em concreto protendido na época.


Com o Olho ou sem o Olho, sempre fui doido por este caixotão...


484 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial