A Coleção

Certa vez, meu filho, teve que fazer um trabalho de química, no segundo grau, e isso me fez lembrar de uma coleção que Gusto, meu finado irmão, fazia quando eu era criança.


Lembro-me o quanto aquilo tudo me fascinava. A coleção Os Cientistas, era formada por pequenas caixas de isopor que, a cada semana, traziam partes de um microscópio e focavam na vida e nos experimentos de um famoso cientista.


O mais bacana é que em cada uma das 50 caixinhas, que a Abril Cultural distribuía, vinha tudo o que a criança precisava pra fazer os experimentos em todas as áreas da ciência como, química, física, mecânica, ótica e outras.


Várias experiências precisavam de produtos tóxicos, que evidentemente, faziam parte do kit destinado à crianças e o máximo que acontecia era ter uma caveira na embalagem alertando que aquilo era perigoso.


Minha praia era a Revista Recreio, cujo slogan dizia: Leia, pinte, recorte e brinque, o que, aliás, estou fazendo até hoje e ainda sendo pago pra isso. Confesso, entretanto, que as caixinhas de isopor do meu irmão eram realmente um fascínio pra mim.


Imagine uma coleção dessas pras crianças de hoje. Ou não se interessariam, por não ter botão pra apertar, ou iriam direto pro hospital, por causa dos venenos dos envelopes...


97 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frigidaire

Essencial